quarta-feira, 23 de março de 2011

A ARTE DO ACOLHIMENTO



A ARTE DO ACOLHIMENTO
Emerli Schlögl
Todos nós nascemos, viemos ao mundo graças ao poder de
acolhimento do corpo de nossa mãe. Seu corpo nos acolheu e nos deu
forma, calor, alimento. O útero da mãe foi muito generoso para conosco,
nos permitindo morar nele por nove meses.
Estamos no mundo porque um dia fomos acolhidos pela mãemulher e depois pela mãe-terra, o nosso planeta, que sustenta o nosso
corpo sobre ele e que nos deixa comer aquilo que brota de si. Todos os
vegetais, frutas, água, ar, enfim, alimentos que nos mantém vivos, são
oferecidos a nós diariamente pela mãe Terra. Somos  seres que vivem
diariamente a generosidade de sermos acolhidos por ela.
Sem nossa mãe-mulher não poderíamos nos desenvolver até o
ponto de sermos então acolhidos e sustentados pela mãe Terra.
Tendo consciência deste carinho que recebemos da vida e que é
fundamental para nos mantermos aqui, podemos então, refletir sobre as
diferentes formas de acolher o outro.
Como é bom quando somos bem recebidos, respeitados, amados
pelo que somos. É gostoso chegar a um lugar que não conhecemos e
então ter alguém que nos acolha gentilmente.
PENSE NAS SEGUINTES QUESTÕES, DEPOIS AS RESPONDA EM SEU
CADERNO:
• Já acolhi algum animalzinho que precisasse de meu carinho?
• Como recebo as visitas que chegam em minha casa?
• Como trato os alunos novos que chegam em minha classe?
• Como me relaciono com os colegas que são diferentes de mim
na cor da pele, no sexo, nas idéias e na religião?
• Sou uma pessoa que sabe acolher com o corpo, pegando na
mão, dando um abraço, um olhar afetivo?
• Como a minha religião ou igreja acolhe as pessoas de outras
religiões ou igrejas?
Agora que você já pensou bastante sobre este assunto, observe um
pouco as pessoas que são capazes de acolher bem e as que não são.
Além disso, perceba também como a Terra acolhe a árvore, como o céu
acolhe as estrelas, como o prato acolhe a comida, como o mar acolhe os
peixes, como o jardim acolhe as flores, etc.

Um comentário: